Tempo
|
Pedro Azevedo
Opinião de Pedro Azevedo
A+ / A-

Bola Branca

Desejos para 2021

31 dez, 2020 • Pedro Azevedo • Opinião de Pedro Azevedo


Pedro Azevedo, chefe de redação do Desporto da Renascença, deixa os desejos da equipa Bola Branca para 2021.

Que 2021 seja o ano do regresso do público aos estádios e aos pavilhões. A pandemia, no ano que agora termina, fechou as portas aos adeptos e deixou as bancadas vazias.

O desporto perdeu o encanto da atmosfera à volta dos jogos, o sortilégio da energia magnética coletiva que os adeptos levam às competições, estimulando os jogadores e tornando os jogos mais intensos, emotivos e atrativos.

O regresso do público às bancadas será determinante também para a recuperação económica do futebol depois do impacto negativo da pandemia, com perdas que podem chegar aos 360 milhões de euros em Portugal, somando bilhética, quotas, merchandising e atividade comercial dos clubes.

Fica o desejo do regresso à normalidade depois de um ano em que o futebol da I Liga esteve parado três meses, a II Liga terminou prematuramente e muitos campeonatos terminaram sem campeão, incluindo as modalidades de pavilhão.

A Seleção nacionl de futebol defende em 2021 o titulo de campeã da Europa, numa prova inédita por ser em 12 cidades de diferentes países, e joga a qualificação para o Mundial do Qatar de 2022.

Nas modalidades o mundo aguarda pelos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo verão, também adiados, devido à pandemia, para o novo ano de 2021, em que se espera ver Miguel Oliveira a brilhar ainda mais alto no Mundial de MotoGP depois de uma época memorável que fez do piloto de Almada a grande figura do piloto português no ano que agora termina.

Artigos AnterioresPedro Azevedo

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.