Hora da Verdade

"A diretora nacional do SEF não tinha o perfil para acompanhar reestruturação"

17 dez, 2020 - 00:01

Em entrevista na "Hora da Verdade" da Renascença e do Público, o ministro Eduardo Cabrita fala sobre o caso da morte do cidadão ucraniano Ihor Homenyuk às mãos do SEF no aeroporto de Lisboa, e as repercussões do caso. Sobre a reforma das forças de segurança que quer iniciar em janeiro, levanta apenas a ponta do véu.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.