José Abraão admite candidatura à liderança da UGT

10 dez, 2020 - 00:42 • Susana Madureira Martins

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, já disse que não se recandidata a mais um mandato na central sindical à qual a Fesap pertence. Em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e do jornal Público, José Abraão não se coloca de fora da corrida marcada para novembro de 2021. "Sou um homem disponível para o movimento sindical", diz.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.