Tempo
|
A+ / A-

Web Summit 2020

Biden não pode voltar ao antigamente, a América vai ter de jogar em equipa

04 dez, 2020 - 19:49 • Filipe d'Avillez

A historiadora e jornalista Anne Applebaum participou numa conferência no Web Summit em que criticou os danos causados por Trump à reputação democrática dos Estados Unidos.

A+ / A-

Todas as notícias sobre a Web Summit


A jornalista e historiadora Anne Applebaum considera que Trump danificou de tal maneira a reputação da democracia americana que a administração de Joe Biden não vai poder simplesmente agir como antigamente.

Numa curta conferência no dia do encerramento do Web Summit 2020, Applebaum disse que a partir de agora os EUA vão ter de jogar mais em equipa com os seus aliados no mundo.

“Trump tornou-se um exemplo para muitos… Nós usamos a expressão democratas iliberais, mas na verdade o que queremos dizer é protoautoritários que estão a empurrar países que são atualmente democracias rumo a estados de partido único. Não há dúvidas de que Trump é um modelo para Viktor Orban, na Hungria e que tem admiradores na Turquia e no mundo árabe”, diz a jornalista e historiadora.

“A administração de Joe Biden ainda não compreendeu o verdadeiro significado disto. Toda a gente está em choque, mas o instinto vai ser de regressar ao que se fazia antes. Eu preocupo-me com isso, penso que isso já não vai resultar”, explica Applebaum.

Para a autora do livro “O Crepúsculo da Democracia”, que trata precisamente da subida das direitas populistas em diferentes partes do mundo, diz que a reputação da democracia americana ficou de tal forma afetada pela presidência de Trump que será preciso uma nova abordagem.

“Espero ver um novo estilo de política externa, mais envolvida e alinhada com os aliados dos Estados Unidos, promovendo a democracia nos respetivos países e também noutros”, explica.

“A América vai ter de jogar em equipa. A competição com a China vai requerer muitas alianças. É verdade que muitos países estão desconfiados ou com medo da China, mas também estarão desconfiados dos Estados Unidos, que deixaram de ser vistos como uma potência estável”.

Em relação ao Presidente cessante nos Estados Unidos, Anne Applebaum recorda que “Trump chegou ao poder à boleia de uma teoria da conspiração sobre a elegibilidade de Obama para ser Presidente, com a questão de saber se ele nasceu ou não nos Estados Unidos e acusando todas as instituições do Partido Democrata de estarem a encobrir uma fraude. Nos quatro anos em que esteve no poder expandiu as dúvidas dos americanos sobre a democracia e quando perdeu as eleições tentou usar isso para se manter na Casa Branca”.

“Não poderíamos ter uma ilustração mais gráfica sobre como a democracia americana está gasta e fraca”, conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+