Tempo
|
A+ / A-

Depressão Dora: Proteção Civil alerta para agravamento das condições meteorológicas

03 dez, 2020 - 18:49 • Lusa

Vento e chuva precipitação, descida da temperatura e o aumento da agitação marítima nas próximas 48 horas.

A+ / A-

A Proteção Civil alerta para um agravamento das condições meteorológicas nas próximas 48 horas, prevendo-se um aumento da intensidade do vento, precipitação, a descida da temperatura e o aumento da agitação marítima na costa ocidental.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) refere, em comunicado, que está previsto o aumento da intensidade do vento partir de hoje, diminuindo nas terras altas a partir da manhã de sexta-feira e, no litoral, a partir da manhã de sábado, com rajadas até 75 km por hora na costa ocidental e até 95 km por hora nas terras altas.

Está ainda prevista a formação de geada, em especial, no interior norte e centro, a descida da temperatura, assim como precipitação a partir de hoje, podendo ser pontualmente forte na sexta-feira no norte e centro, com condições favoráveis à ocorrência de trovoada e granizo.

Segundo a ANEPC, poderá ocorrer queda de neve a partir da tarde de hoje acima de 1.400 metros de altitude, descendo para os 600 metros de altitude a partir da madrugada de 4 de dezembro, assim como um aumento da agitação marítima na costa ocidental, com ondas de noroeste, que poderão atingir mais de sete metros na sexta-feira.

Face a esta previsão, a ANEPC recomenda à população que garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, que adote uma condução defensiva, face à possibilidade de formação de lençóis de água e gelo nas vias, que evite circular em vias com acumulação de neve e que tenha especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas sujeitas a inundações rápidas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.