Tempo
|
A+ / A-

Sérgio Conceição deseja que portugueses do City joguem melhor na seleção

30 nov, 2020 - 19:42 • Redação

O treinador do FC Porto diz que é avesso a picardias, mas deixa uma indireta para Bernardo Silva, Rúben Dias e João Cancelo.

A+ / A-

Sérgio Conceição espera que os portugueses do Manchester City tenham melhores desempenhos quando jogam pela seleção nacional, em comparação com as exibições que têm tido ultimamente.

O treinador do FC Porto não comenta a possibilidade de Bernardo Silva, Rúben Dias e Cancelo poderem ser utilizados no jogo desta terça-feira - deixa essa decisão nas mãos de Pep Guardiola -, mas não deixa de expor o seu ponta de vista em relação àquilo que têm feito pela seleção.

"O que eu desejo é que representem a seleção nacional e que sejam melhores hoje do que foram ontem. Pelas últimas exibições que fizeram podem fazer um bocadinho melhor", avalia.

Durante a conferência de imprensa de lançamento do jogo com os ingleses, o treinador do FC Porto foi ainda questionado sobre as palavras de Bernardo Silva, que após o primeiro jogo com os dragões, que o City venceu, disse que se tratava de uma vitória mais saborosa do que outras.

Sérgio, antes de desejar que os portugueses da equipa de Guardiola joguem melhor na seleção, disse que não liga muito a "picardias".

"Isso é criancice, picardias que a mim não me dizem nada. As nossas vitórias são todas saborosas. As que coincidem com título são mais saborosas ainda. Nós festejamos títulos, não festejamos vitórias", remata.

O FC Porto-Manchester City, a contar para a 5.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, realiza-se esta terça-feira, às 20h00. Jogo com relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.