Tempo
|
A+ / A-

FPF

Fernando Gomes: "Vítor Oliveira foi uma das personalidades mais carismáticas do futebol"

28 nov, 2020 - 15:46 • Redação

O antigo treinador do Gil Vicente morreu este sábado, aos 67 anos, durante uma caminhada em Lavra.

A+ / A-

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, recorda Vítor Oliveira como "uma das personalidades mais carismáticas do futebol nacional" e um treinador que fará muita falta nos campeonatos profissionais.

Em declarações reproduzidas no site da FPF, o dirigente recorda o caráter do treinador que será sempre uma "referência".

"Foi com grande consternação que tomei conhecimento da morte completamente inesperada de Vítor Oliveira, uma das personalidades mais carismáticas do futebol nacional e uma pessoa com quem sempre tive uma relação de enorme respeito, admiração e afabilidade. Numa carreira longa e cheia de vitórias, foi sempre, pelo seu enorme caráter, cultura desportiva e exigência, uma referência de topo do futebol português. A sua ligação aos jogadores, colegas treinadores, staff, dirigentes e clubes por onde passou - mais de quatro décadas ao serviço de quase vinte emblemas - falam mais alto do que quaisquer palavras que aqui possa deixar", afirma.

O ex-treinador do Gil Vicente, que atualmente estava sem clube, fazia uma caminhada em Lavra quando teve uma indisposição.

Vítor Oliveira era conhecido como o "Rei das Subidas", por ter levado várias equipas à I Liga durante a carreira. Foram 11 em 18 tentativas: Paços Ferreira (1990/91), Académica (1996/97), União de Leiria (1997/98), Belenenses (1998/99), Leixões (2006/07), Arouca (2012/13), Moreirense (2013/14), União da Madeira (2014/15), Desportivo de Chaves (2015/16), Portimonense (2016/17) e novamente Paços Ferreira (2018/19).

Com mais de 30 anos de carreira, Vítor Oliveira era considerado um dos grandes treinadores portugueses, apesar de nunca ter orientado um grande (FC Porto, Sporting, Benfica). Foi seis vezes campeão da II Liga.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.