Tempo
|
A+ / A-

FC Porto

Pinto da Costa sente-se mal durante funeral de Reinaldo Teles

27 nov, 2020 - 13:07 • Redação

O presidente do FC Porto teve uma indisposição junto ao Museu do FC Porto. Teve de ser colocado num carro, mas recuperou.

A+ / A-

O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, sentiu-se mal durante as cerimónias fúnebres de Reinaldo Teles, histórico dirigente do clube que morreu na quarta-feira, aos 70 anos, vítima de Covid-19.

A caminho do Museu do FC Porto, após ser cumprido um minuto de silêncio junto à porta 1 do Estádio do Dragão, o cortejo fúnebre teve de ser interrompido, devido a uma indisposição de Pinto da Costa, que recebeu auxílio imediato.

Pinto da Costa foi colocado no interior de carro e transportado para o interior do estádio, onde deixou a viatura pelo próprio pé.

Em conferência de imprensa, após a homenagem a Reinaldo Teles, o treinador do FC Porto, Sérgio Conceção, desvalorizou o episódio.

"É normal que o presidente não se tenha sentido bem, por todas essas emoções. Penso que está tudo bem", afirmou o técnico.

As cerimónias fúnebres de Reinaldo Teles realizaram-se esta sexta-feira, em diversos locais da cidade do Porto.

Após o funeral, que teve lugar na Igreja do Bonfim, o corpo do administrador não-executivo da SAD do FC Porto foi transportado numa viatura fúnebre até ao Estádio do Dragão, para uma homenagem por parte do clube.

O minuto de silêncio foi cumprido junto à porta 1 do estádio, onde habitualmente se realiza o hastear da bandeira nas cerimónias de aniversário do FC Porto.

Na companhia de Pinto da Costa e de diversos membros da Direção e equipa técnica, Sérgio Conceição e Pepe colocaram uma coroa de flores sobre a urna de Reinaldo Teles, num momento marcado pela emoção. Pinto da Costa dirigiu algumas palavras de conforto à família do amigo e antigo "braço direito".

Várias dezenas de adeptos do FC Porto assistiram ao momento simbólico e aplaudiram o carro fúnebre à partida.

O corpo de Reinaldo Teles, antigo vice-presidente do FC Porto, seguiu, depois, para o Cemitério do Prado do Repouso.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.