Tempo
|
A+ / A-

​Multas por falar ao telemóvel a conduzir sobem para o dobro

27 nov, 2020 - 15:44 • Redação

Conselho de Ministros aprova agravamentos das multas, que podem agora chegar aos 1.250 euros.

A+ / A-

A multa para os automobilistas apanhados a falar ao telemóvel durante a condução passa para mais do dobro. A medida foi aprovada esta sexta-feira, em Conselho de Ministros.

As multas de 120 euros passam para 250 e as de 600 euros para 1.250 euros, anunciou a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

O Governo também aprovou alterações ao Código da Estrada que clarificam os locais onde as autocaravanas podem pernoitar e aparcar, avança a secretária de Estado da Administração Interna.

No final do Conselho de Ministros, Patrícia Gaspar salientou que as novas alterações indicam, na prática, os locais onde as autocaravanas podem aparcar e pernoitar, destacando que estacionar “é uma coisa diferente”.

Segundo a governante, aparcar e pernoitar passa a ser apenas permitido nas zonas previamente designadas para o efeito, o que exclui todas as outras que não estão referidas no diploma.

Patrícia Gaspar acrescentou ainda que, para quem desrespeite, mantém-se as coimas aplicadas até agora “para o estacionamento indevido e outras irregularidades no Código da Estrada”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.