Tempo
|
A+ / A-

Jornalista da Renascença vence prémio "Menos Dor, Mais Vida!"

20 nov, 2020 - 13:06 • Marta Grosso

Reportagem de Liliana Carona sobre ozonoterapia abriu horizontes a muitos doentes com dor crónica. “Assim que descobri que a ULS da Guarda era o único hospital público do Interior do país que praticava essa terapia, tentei imediatamente agendar reportagem”, conta.

A+ / A-

A jornalista da Renascença Liliana Carona recebeu, na quinta-feira, o Prémio Jornalismo "Menos Dor, Mais Vida!", promovido pela Angelini Pharma.

A reportagem "Já sou eu novamente. Isabel faz ozonoterapia, uma terapia barata que pode ajudar a aliviar a dor” foi a vencedora da 3.ª edição desta distinção.

“Quando pesquisei sobre o tema, nomeadamente reportagens de ozonoterapia, não havia nenhuma, pelo menos em Portugal – apenas algumas notícias, que não clarificavam no que consistia esta terapia complementar. Assim que descobri que a ULS da Guarda era o único hospital público do Interior do país que praticava essa terapia, tentei imediatamente agendar reportagem”, conta a jornalista na entrega do prémio.

Liliana Carona adianta que, depois de emitida e publicada a reportagem, “os telefonemas [para os intervenientes] não pararam, com imensa gente a procurar saber mais informações e a querer experimentar a terapia que desconheciam”.

A peça foi analisada pelo júri, constituído pela diretora de Recursos Humanos e Comunicação da Angelini Pharma, Conceição Martins, e a jornalista Paula Rebelo, da RTP, especializada na área da Saúde.

“A Angelini acredita no impacto fundamental que a comunicação social tem na educação para a saúde e na divulgação de novas soluções terapêuticas, daí termos criado o Prémio Jornalismo. Este ano, pretendemos distinguir um trabalho desenvolvido na área da dor, um problema que afeta aproximadamente três milhões de portugueses”, justifica Conceição Martins.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu com transmissão em live streaming. Na altura foram também divulgados os vencedores da 11ª Edição do AUA! – Angelini University Award 2019/2020: o primeiro prémio foi para o projeto “Saúde Sobre Rodas: Um Projeto Social”, da autoria dos estudantes Beatriz Pereira Miranda e José Roberto Abreu Machado, da Escola Superior de Santa Maria.

Em segundo lugar ficou o trabalho “Dynamic Pillow”, composto pelos estudantes Ana Souto, Hugo Ribeiro, Inês Ângelo e Joana Sousa, da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+