Tempo
|
A+ / A-

​Sindicato de professores marca greve de uma semana

16 nov, 2020 - 12:02 • Manuela Pires , Cristina Nascimento

STOP entregou pré-aviso de greve para os dias entre 30 de novembro e 4 de dezembro.

A+ / A-

Veja também:


O sindicato de professores STOP marcou uma greve de uma semana entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro. O sindicato explica que o protesto é contra a falta de segurança sanitária nas escolas.

“O Governo não está a defender ou a garantir a segurança em muitas escolas e a qualidade de ensino”, diz à Renascença o dirigente sindical André Pestana.

Pestana acusa o Governo de estar “a navegar à vista” e de não ter tomado medidas atempadamente.

“O Governo teve muito tempo para preparar-se, teve o verão inteiro para preparar-se. Em março, abril e maio o STOP não marcou nenhuma greve porque entendemos que todos fomos, de facto, apanhados de surpresa. Agora nesta segunda vaga é inadmissível o Governo dizer ‘esperávamos a segunda vaga lá para dezembro’”, diz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.