Tempo
|
A+ / A-

Pandemia da Covid-19

Covid-19. Espanha com mais de 20 mil novos casos e 308 mortes nas últimas 24 horas

13 nov, 2020 - 18:12 • Lusa

Pacientes com necessidades de cuidados intensivos já ocupam um terço da capacidade destes serviços. Ministério da Saúde espanhol contabiliza mais de 20 mil pessoas hospitalizadas com a Covid-19.

A+ / A-

Veja também:



O ministério da Saúde de Espanha revelou esta sexta-feira que, nas últimas 24 horas, se registaram 21.371 novos casos de Covid-19 no país, elevando para 1.458.591 o total de infetados desde o início da pandemia.

Foram, ainda, contabilizadas mais 308 mortes atribuídas ao novo coronavírus, passando o total de óbitos para 40.769.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 2.117 pessoas, das quais 379 na Andaluzia, 359 na Catalunha e 244 em Madrid.

Em todo o país há 20.296 pessoas hospitalizadas com a Covid-19, o que corresponde a 16% das camas, das quais 3.125 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 32% das camas desse serviço.

O nível de incidência acumulada em Espanha estabilizou hoje nos 498 casos diagnosticados (menos seis do que na quinta-feira) por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Ceuta (997), Melilla (912), Aragão (871) , Castela e Leão (819), País Basco (790), Rioja (786), Navarra (752) e Catalunha (574).

Os turistas e passageiros que cheguem a Espanha sem teste à covid-19 negativo podem ser sancionados com multas de até 6.000 euros, revelou hoje a ministra dos Negócios Estrangeiros espanhola.

O Boletim Oficial do Estado espanhol (correspondente ao Diário da República em Portugal) publicou na quinta-feira a lista de zonas e países considerados de risco com vista à entrada por via aérea ou marítima em Espanha.

Terão assim de apresentar um teste PCR realizado 72 horas antes da chegada a grande maioria dos Estados-membros da União Europeia, entre os quais “Portugal (exceto a região autónoma das Ilhas dos Açores)”, ficando de fora dessa lista a Finlândia, a Grécia e várias regiões da Noruega.

No que diz respeito aos países terceiros, na lista estão, por exemplo, países como Cabo Verde, os Estados Unidos da América ou o Reino Unido.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,29 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 3.250 em Portugal.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (51.304 mortos, mais de 1,3 milhões de casos), seguindo-se Itália (44.139 mortos, mais de 1,1 milhões de casos), França (42.960 mortos, cerca de 1,9 milhões de casos) e Espanha (40.769 mortos, mais de 1,4 milhões de casos).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+