Tempo
|
A+ / A-

Chega "moderou-se" nos Açores, diz Rio, e abre a porta a diálogo "no continente"

09 nov, 2020 - 21:12 • Lusa

Presidente do PSD diz concordar com os quatro objetivos que o Chega defendeu para viabilizar o novo Governo Regional e acusa primeiro-ministro e o PS de "andarem de cabeça perdida".

A+ / A-

O presidente do PSD afirmou esta segunda-feira concordar com os quatro objetivos do Chega para viabilizar o governo nos Açores, considerando que aquele partido "se moderou" na região, e acusou PS e BE de andarem de "cabeça perdida".

“No futuro, no continente, já tive oportunidade de dizer isto e deu origem a não sei quantos incêndios políticos. Se o Chega se moderar pode haver hipóteses naturalmente de diálogo. Se o Chega não se moderar não há hipótese de diálogo. Nos Açores moderou-se”, assegurou o presidente do PSD.

Em declarações aos jornalistas, à margem de uma reunião por videoconferência com a Confederação Empresarial de Portugal – CIP, Rui Rio disse concordar com os quatro objetivos que o Chega defendeu para viabilizar o novo Governo Regional.

“Fazer uma proposta de redução dos deputados regionais. Isto é fascista? É de extrema direita? É uma proposta fascista querer baixar o número de pessoas com o rendimento mínimo nacional garantido e terem emprego e rendimento? Isto é fascista? Criar um gabinete de luta contra a corrupção. É fascista lutar contra a corrupção? Reforçar a autonomia dos Açores”, interrogou o líder dos sociais-democratas.

“São estes quatro pontos que decidiram lá regionalmente. Não fui eu que decidi, mas se quiser que diga com toda a frontalidade, sou a favor da redução dos deputados regionais, sou a favor do aumento do emprego e da baixa do rendimento mínimo garantido e sou a favor da luta contra a corrupção”, salientou.

Questionado pelos jornalistas se o partido tinha, ao aceitar negociar com o Chega uma solução política, “passado a linha vermelha”, Rui Rio negou.

“O PSD passou a linha vermelha de querer baixar os deputados regionais, de querer baixar o número de pessoas desempregadas e de combater a corrupção. Foi essa a linha vermelha que o PSD passou”, disse, deixando críticas ao primeiro-ministro, Partido Socialista e Bloco de Esquerda.

“O dr. António Costa, o Partido Socialista e o Bloco de Esquerda estão efetivamente de cabeça perdida e estão claramente a mentir aos portugueses”, referiu, acrescentando que os mesmos “não tem tido noção do ridículo que estão a dizer”.

“Não fui eu, nem o PSD nacional que negociou o que quer que seja com o Chega”, reforçou.

José Manuel Bolieiro foi indigitado no sábado presidente do Governo Regional pelo representante da República para os Açores, Pedro Catarino.

O PS venceu as eleições legislativas regionais, no dia 25 de outubro, mas perdeu a maioria absoluta, que detinha há 20 anos, elegendo 25 deputados.

PSD, CDS-PP e PPM, que juntos representavam 26 deputados, anunciaram esta semana um acordo de governação, tendo alcançado acordos de incidência parlamentar com o Chega e o Iniciativa Liberal (IL).

Com o apoio dos dois deputados do Chega e do deputado único do IL, a coligação de direita soma 29 deputados na Assembleia Legislativa dos Açores, um número suficiente para atingir a maioria absoluta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    11 nov, 2020 Viseu 11:07
    Os comunistas e os socialistas marxistas vão perder a partir de agora todas as eleições. Até agora têm ganho porque os portugueses se deixaram condicionar pelo politicamente correto proclamado pelo PS marxista e pela extrema-esquerda comunista: PCP e Bloco de Esquerda…
  • José Gaspar
    10 nov, 2020 Leiria 18:38
    Senhor Rui Rio o Governo até pode andar de cabeça perdida, mas o pior é que não se ouve da parte da oposição propostas para resolver a situação tanto do COVId-19 como de outras doenças também elas bastante graves, criticar isso até eu faço apresentar propostas credíveis e como as implementar, triste sorte temos nós portugueses com esta qualidade de políticos, tem sido desde 1976 cada um pior que o outro.
  • J M
    10 nov, 2020 Seixal 14:42
    Nunca me enganaram. Agora até um partido ideologicamente fascista, serve para fazer coligações para ditar o destino do açorianos.
  • eurico pais
    09 nov, 2020 loulé 23:23
    Que vergonha Rio! Os americanos chutam o Trump para canto, tu dás a mão ao Ventura? Estás a ver mal o filme!!!!
  • João Lopes
    09 nov, 2020 Viseu 22:07
    É verdade: Costa e o PS andam de cabeça perdida. O poder está a fugir-lhes das mãos, porque em vez de servirem todos os portugueses apenas quiseram tomar o poder, como os seus "irmãos socialistas" no México, que estiveram 70 anos seguidos no Poder!

Destaques V+