Tempo
|
A+ / A-

Recolher obrigatório

Surpreendidos com novas restrições, bispos pedem reagendamento de celebrações

08 nov, 2020 - 17:30 • Redação

Bispos portugueses admitem surpresa e também compreensão pela notícia das novas restrições de circulação, no âmbito do estado de emergência.

A+ / A-

Veja também:


A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) pede às dioceses que adaptarem as celebrações ao recolher obrigatório decretado pelo Governo para os próximos dois fins de semana, que abrange o período da tarde.

Os bispos portugueses, num comunicado divulgado este domingo, admitem surpresa e também compreensão pela notícia das novas restrições de circulação, no âmbito do estado de emergência.

Em causa está a limitação de circulação na via pública, nos 121 concelhos com maior taxa de incidência de Covid-19, ao fim-de-semana das 13h00 às 05h00 de sábado para domingo e de domingo para segunda-feira, exceto se estiver a trabalhar, regressar a casa ou emergências, entre outros.

“Esta medida, compreensível na situação de limite a que estamos já a chegar em termos do sistema de saúde, coloca muitas dificuldades às nossas atividades eclesiais, sobretudo nas tardes de sábado e domingo”, refere a CEP.

Até ver se haverá margem de outras intervenções, os bispos pedem às dioceses que definam “o melhor modo de adaptar as suas celebrações vespertinas e outras atividades para outros horários”.


A título de exemplo, a Diocese de Setúbal decidiu que, “onde for possível e conveniente, as missas vespertinas podem ter lugar também nos sábados de manhã”.

“Vivemos tempos conturbados. Temos necessidade de um suplemento de fé na presença do Senhor entre nós e de uma especial solicitude para com os nossos irmãos e irmãs que estão neste barco do mundo em grande borrasca. Clamemos para que Ele nos salve, mas escutemos o seu desafio aos discípulos no meio da tempestade: “Porque tendes medo? Não tendes fé?”, sublinha o comunicado da CEP.

As restrições no âmbito do estado de emergência, pelo menos entre segunda-feira e dia 23, vão ser analisadas na Assembleia Plenária da CEP, que se inicia na próxima quarta-feira.

No próximo sábado, dia 14, vai ter lugar a celebração de uma missa pelas vítimas da pandemia em Portugal. A celebração começa às 11h00, Basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+