Tempo
|
A+ / A-

Militares portugueses regressam após missão na República Centro-Africana

03 nov, 2020 - 20:47 • Redação

Em sentido contrário seguiu uma “nova força portuguesa no teatro de operações, desta vez, maioritariamente composta por Tropas Especiais Comandos".

A+ / A-

Um grupo de 149 militares portugueses regressou esta terça-feira a casa depois de oito meses de missão na República Centro-Africana (RCA), avança o Estado Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

Os elementos da 7ª Força Nacional Destacada integraram a missão das Nações Unidas para a estabilização daquele país.

O EMGFA adianta, em comunicado, que “estes militares juntam-se aos restantes 31 que já haviam regressado a território nacional, completando os 180 militares que compuseram a força, maioritariamente composta por tropas especiais Paraquedistas do Exército Português, integrando ainda militares de outras unidades do Exército e Controladores Aéreos Avançados da Força Aérea”.

Em sentido contrário seguiu uma “nova força portuguesa no teatro de operações, desta vez, maioritariamente composta por Tropas Especiais Comandos, também do Exército Português”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.