Tempo
|
A+ / A-

Uniões homossexuais. Santa Sé esclarece que a doutrina não muda

02 nov, 2020 - 12:24 • Aura Miguel

"Nota explicativa” foi enviada pela Secretaria de Estado do Vaticano aos núncios do todo o mundo acompanhada de uma carta circular, na qual se manifesta o desejo do Papa de fazer chegar esse esclarecimento a todos os bispos.

A+ / A-

Uma “breve nota explicativa” foi enviada pela Secretaria de Estado do Vaticano aos núncios do todo o mundo, com esclarecimentos para “uma adequada compreensão” das palavras do Papa proferidas no documentário “Francesco”, sobre uniões entre pessoas do mesmo sexo.

Segundo a imprensa italiana, incluindo o diário católico “Avvenire”, esta nota foi enviada às nunciaturas dos cinco continentes acompanhada de uma carta circular da Secretaria de Estado, na qual se manifesta o desejo do Papa de fazer chegar esse esclarecimento a todos os bispos, uma vez que aquelas declarações de Francisco “suscitaram várias reações e interpretações”.

Oficialmente, a Sala de Imprensa da Santa Sé nada divulgou, mas no México, por exemplo, o próprio núncio já publicou o conteúdo do texto nas redes sociais.

A nota, não assinada, esclarece que as palavras do Papa, tiradas do contexto, se referiam “a determinadas disposições estatais e não à doutrina da Igreja, várias vezes reafirmada ao longo dos anos”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Lemos Pinto
    03 nov, 2020 Ovar 11:38
    Penso que a maioria dos católicos (e não só) se sente confundido por esta atitude do Papa Francisco, de apoio à homossexualidade institucional, sempre condenada pela Bíblia, contribuindo para a divisão dentro da Igreja Católica, pois não esclarece se a homossexualidade é ou não contrária à natureza humana e animal, se é ou não pecaminosa segundo a moral católica. Uma coisa é não discriminar e respeitar as opções de vida pessoal (incluindo a homossexualidade), outra coisa é apoiar a formalização institucional desse modo de vida, adulterando o sistema de valores morais e religiosos que sustentam a família heterossexual!... Penso também que se a Igreja avançar para o casamento religioso homossexual, será a sua hecatombe e inevitável desagregação. Este Papa não permite o legítimo casamento heterossexual dos sacerdotes (que vigorou na Igreja, durante séculos), não resolve a inaceitável situação dos divorciados católicos e ignora os direitos democráticos do Povo de Deus dentro da Igreja, mas parece avançar mais depressa para o reconhecimento do casamento religioso homossexual... Valha-nos Deus! José Lemos Pinto http://www.facebook.com/jlemosp http://www.biblicalposter.simplesite.com
  • Ivo Pestana
    02 nov, 2020 Funchal 22:06
    Claro, seria contra a Bíblia. Logo, Deus não quer essas moderníces.

Destaques V+