Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Rui Gomes da Silva assume derrota. "Não era o que pretendíamos"

29 out, 2020 - 02:25 • Redação

Candidato somou 1,64% dos votos nas eleições com maior afluência da história do Benfica.

A+ / A-

Rui Gomes da Silva assumiu a derrota nas eleições contra o Benfica, depois de ter somado apenas 1,64% dos votos nas eleições mais concorridas da história do clube.

"Houve bipolarização em termos eleitorais, assumo pessoalmente este resultado, não era o que queríamos. Já tive oportunidade de telefonar ao presidente eleito, desejando-lhe felicidades. Acabaram as eleições, as divisões", disse em declarações aos jornalistas.

Luís Filipe Vieira foi reeleito com 62,59% dos votos, seguido de João Noronha Lopes, com 34,71% dos votos. Rui Gomes da Silva somou 1,64%.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    29 out, 2020 Lisboa 08:43
    Desde o principio que você era um homem só, basta ver as dificuldades que teve para reunir lista. Devia ter-se aliado as outras candidaturas e todos em conjunto teriam mais hipoteses.