Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Benfica

Luís Filipe Vieira pede união e promete "corrigir erros"

29 out, 2020 - 02:45 • Redação

Presidente reeleito reforça que será o seu último mandato e quer "corrigir os erros que cometeu" na presidência do Benfica.

A+ / A-

Luís Filipe Vieira, presidente reeleito do Benfica, apela à união no clube depois das eleições com maior afluência da história dos encarnados. O dirigente foi reeleito com 62,59% dos votos.

Em declarações no pavilhão da Luz, depois de tomar posse para o seu sexto mandato na presidência, Vieira apela à união dentro do clube.

"Vencer as eleições com maior número de sócios a votar é um orgulho. Resultados são claros, espero que todos assumam a sua responsabilidade. Somos mais fortes juntos, mais fortes quando não nos dividimos, é um dos desafios mais importantes para os próximos quatro anos. Apesar das diferenças, união foi denominador comum nos últimos anos. A partir de agora, não há vencedores, nem vencidos. Só benfiquistas que vão unir esforços para construir futuro do nosso clube", diz.

As eleições do Benfica de 2020 foram as mais concorridas de sempre, com 38.102 sócios a votar. Deste valor, 22.787 sócios votaram em Luís Filipe Vieira, o que corresponde a 471.650 votos. Noronha Lopes amealhou o voto de 14.337 sócios, correspondentes em 261,574 votos.

Apenas 603 sócios votaram em Rui Gomes da Silva, que corresponderam a 12.341 votos. 375 sócios votaram em branco.

Vieira sublinha que é o seu último mandato na presidência do Benfica e mostra-se orgulhoso pela caminhada.

"Inicio hoje o meu último mandato, para apostar no que bom fizemos e corrigir os erros que cometemos. Sou um homem feliz e orgulhoso pelo meu percurso no Benfica. Tudo farei para retribuir a confiança. Teremos quatro anos exigentes, seremos fortemente desafiados, mas saberemos corresponder à altura da história do Benfica. Para terminar, reforçar que temos há sete anos consecutivos contas positivas", disse.

O presidente do Benfica destaca o número de votos em todo o país e fala numas eleições históricas no país.

"Benfiquistas deram demonstração única de vitalidade. Nunca um clube antes votou tanto de forma tão descentralizada. Minha primeira palavra vai para os benfiquistas e exemplo que deram. Tenho orgulho em liderar clube com esta militância, esta capacidade de dizer presente quando chamados a decidir o futuro do clube", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+