Tempo
|
A+ / A-

Covid-19: Governo reúne-se com especialistas para decidir novas medidas

28 out, 2020 - 21:07 • Redação

“O objetivo é obter aconselhamento e contributos científicos no âmbito das medidas que o Governo pondera adotar, ainda esta semana", explicam as ministras da Saúde e da Presidência.

A+ / A-

Veja também:


As ministras da Presidência e da Saúde reúnem-se hoje e quinta-feira com especialistas para decidir novas medidas para travar a Covid-19.

Mariana Vieira da Silva e Marta Temido encontraram-se esta quarta-feira ao final da tarde com os peritos habitualmente auscultados nas reuniões do Infarmed”, anunciou o Governo, em comunicado.

“O objetivo é obter aconselhamento e contributos científicos no âmbito das medidas que o Governo pondera adotar, ainda esta semana, para contenção da transmissão da Covid-19”, refere a nota conjunta dos ministérios da Presidência e Saúde.

Esta reunião é seguida de uma outra, na quinta-feira, com “médicos especialistas em infecciologia e medicina intensiva”.

Portugal regista esta quarta-feira um novo máximo diário de casos de covid-19, num total de 3.960, e 24 mortes, avança a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia foram diagnosticados 128.392 casos de Covid-19 e 2.395 óbitos.

O agravamento da pandemia de Covid-19 vai levar o Governo português a tomar mais medidas e o primeiro-ministro já convocou os partidos para reuniões na sexta-feira, dia 30.

Trata-se de um procedimento semelhante ao que tomou quando foram decididas as medidas do estado de emergência. António Costa, ao que a Renascença sabe, também já convocou um Conselho de Ministros extraordinário para sábado.

A Área Metropolitana do Porto (AMP) defende exclusividade de aulas online nas próximas três semanas para os alunos do secundário e do ensino superior, devido ao aumento do número de casos de Covid-19 na região Norte.

Em declarações à Renascença, o presidente da AMP, Eduardo Vitor Rodrigues, diz que a medida tem acolhimento junto dos autarcas e junto dos professores e diretores de escolas.

A região Norte poderá atingir 7.000 novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2 na próxima semana, alertam especialistas, afirmando existirem “vários concelhos” num “patamar semelhante” aos três do Tâmega e Sousa onde foram impostas medidas mais restritas.

A Câmara de Matosinhos decretou esta quarta-feira o encerramento dos estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços às 21h00, dos restaurantes às 22h00 e o reforço do policiamento a partir deste fim de semana.

Evolução da Covid-19 em Portugal

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.