Tempo
|
A+ / A-

Papa celebra missas de Natal sem fiéis por causa da Covid-19

27 out, 2020 - 09:33

Itália está a sofrer uma segunda vaga de surtos do novo coronavírus e não se espera que a situação melhore antes do final do ano.

A+ / A-

Veja também:


O Papa Francisco vai celebrar as missas de Natal e Ano Novo sem a presença de fiéis, no Vaticano.

A medida deve-se ao facto de Itália estar a sofrer uma segunda vaga da pandemia de Covid-19, o que levou o Governo a decretar novas medidas restritivas em todo o país.

Segundo uma carta enviada às várias embaixadas acreditadas à Santa Sé, e vista pela “Catholic News Agency”, o Papa celebrará as missas “de forma privada e sem a presença de membros do Corpo Diplomático”, que costumam participar como convidados especiais nestas ocasiões.

A carta é datada de 22 de outubro.

O Vaticano repete assim, no Natal, a fórmula que já tinha sido adotada na Páscoa, quando Francisco também celebrou de forma privada.

Pela sua idade e pelo facto de sofrer de problemas pulmonares, Francisco é considerado de alto risco para a Covid-19. O Vaticano já teve casos da doença, mas até ao momento tanto o Papa como o Papa emérito Bento XVI têm conseguido evitar o vírus.

Normalmente o Papa celebra a Missa do Galo e a missa de 1 de Janeiro de forma pública, na Basílica de São Pedro e no dia de Natal lê uma mensagem “para a Cidade e para o Mundo”, conhecida como “Urbi et Orbi”. Na sua agenda oficial para dezembro, porém, só constam como atos públicos a leitura da mensagem no dia de Natal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.