Tempo
|
A+ / A-

OE 2021

Bloco prepara anúncio de voto contra o orçamento

24 out, 2020 - 23:21 • Paula Caeiro Varela

Comissão política reúne-se este domingo de manhã. Vai propor voto contra à mesa nacional.

A+ / A-

O Bloco de Esquerda prepara-se para anunciar o voto contra o Orçamento do Estado para 2021. É, pelo menos, a indicação que a comissão nacional do partido vai dar à Mesa Nacional, o principal órgão do partido entre convenções. O anúncio do voto do Bloco sobre o Orçamento do Estado está marcado para as 20h30 deste domingo, com uma conferência de Catarina Martins, coordenadora do Bloco.

A Renascença sabe que a comissão política do Bloco reúne-se este domingo de manhã e vai propor à mesa nacional, que se reúne a seguir, o voto contra o Orçamento do Estado na generalidade.

O argumentário do Bloco para o voto contra já está, aliás, publicado no esquerda.net, onde o este partido deixa já diz que este Orçamento “está longe de corresponder às necessidades do país no atual momento”.

Depois da última reunião com o primeiro-ministro sobre Orçamento, a coordenadora do Bloco divulgou que havia dois pontos essenciais para os bloquistas nas quais o Governo não cedia: a legislação laboral e a revisão do contrato com a Lone Star para o Novo Banco. Noutros dois assuntos – o apoio extraordinário e os meios para o setor da saúde – o Governo apresentou contrapropostas que o Bloco tem vindo a avaliar.

Ao que a Renascença apurou, essa avaliação não foi suficiente para justificar pelo menos a abstenção que viabilizaria o Orçamento do Estado na generalidade. Recorde-se que uma abstenção do Bloco é suficiente para o Orçamento do Estado passar à especialidade, enquanto que a abstenção do PCP, anunciada na sexta-feira, não é suficiente por si só. Contudo, a abstenção comunista conjugada com abstenções do PEV e do PAN pode permitir a aprovação do Orçamento na generalidade, abrindo o caminho a mais negociações na especialidade.

O debate do Orçamento na generalidade decorre em plenário na terça e na quarta-feira, com votação na quarta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Gaspar
    25 out, 2020 Leiria 20:18
    o BE pertence ao grupo PCP dos quanto pior melhor.
  • JORGE DIAS
    25 out, 2020 Povo de Santa Iria 17:55
    TRETAS...
  • Ivo Pestana
    25 out, 2020 Funchal 17:23
    Não acredito.