Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Pedro Proença lembra diferenças entre futebol e Fórmula 1

25 out, 2020 - 19:30 • Redação

Um evento teve público, o outro não e a Liga Portugal lembra os passos que têm dado e os bons exemplos do futebol.

A+ / A-

O presidente da Liga de Clubes volta a criticar as diferenças de decisão sobre a presença de público entre o futebol e a Fórmula 1 em Portugal.

Numa mensagem nas redes sociais, Pedro Proença mostra imagens do Grande Prémio de Portimão de Fórmula 1 e do Farense – Rio Ave em futebol. Num há muito público, no outro quase nenhum.

O dirigente acrescenta que “o futebol continua, tal como acontece desde o início desta pandemia, a orgulhar-se em ser um enorme exemplo para toda a sociedade”.

“Depois das touradas. Dos concertos. Dos Festivais. E em Novembro cá teremos, no mesmo autódromo, outro grande evento de motociclismo”, escreveu.

Proença refere depois o outro evento “a quem foi dada a possibilidade de receber 27.500 (!!) espetadores, com o resultado que as imagens demonstram. Depois das touradas. Dos concertos. Dos Festivais. E em Novembro cá teremos, no mesmo autódromo, outro grande evento de motociclismo…”

“A saúde pública tem, mais do que nunca, de ser uma prioridade social. E se é verdade que a atividade económica não pode voltar a parar…é também imperativo garantir que a fasquia da organização de eventos (desportivos ou não) neste período é mais alta do que nunca. Sob pena de se misturar no mesmo saco, realidades que, como as imagens demonstram, não aplicam o mesmo grau de autoexigência, nem oferecem o mesmo nível de segurança a quem as atende”, escreve.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.