Tempo
|
A+ / A-

Presidenciais

Mais de 50 milhões de eleitores já votaram nos EUA

24 out, 2020 - 00:14 • Lusa

De acordo com uma contagem do Projeto Eleições EUA, em colaboração com a Universidade da Flórida, mais de 35 milhões de pessoas já votaram por correio e cerca de 15 milhões recorreram ao voto presencial antecipado.

A+ / A-

Mais de 50 milhões de eleitores já votaram para as eleições presidenciais dos EUA, de acordo com a contagem divulgada esta sexta-feira por uma agência independente,o Projeto Eleições EUA.

A votação antecipada está a bater recordes, este ano, com muitos eleitores a preferir votar antecipadamente, por correio ou presencialmente, em grande parte para evitar aglomerações, numa altura em que a pandemia de Covid-19 se propaga no país.

De acordo com uma contagem do Projeto Eleições EUA, em colaboração com a Universidade da Flórida, mais de 35 milhões de pessoas já votaram por correio e cerca de 15 milhões votaram presencialmente.

Estes números representam já 36,5% do total de votos das eleições presidenciais de 2016, que teve 138 milhões de eleitores.

A votação antecipada obedece a regras diferentes consoante o estado em questão.

Um dos mais populosos e, portanto, um dos mais significativos para o resultado final é o estado de Nova Iorque, que abre a votação antecipada presencial no sábado, sendo expectável um elevado número de votos logo a partir desse dia.

Os democratas têm insistido na abertura célere de votações antecipadas, como medida de precaução perante a pandemia, mas mesmo este cuidado não tem evitado longas listas de eleitores em vários estados.

Do lado republicano, a abordagem tem sido diferente, criticando a forma como alguns estados estão a abrir as urnas muito cedo, prometendo que os seus apoiantes irão em massa às urnas apenas no dia 03.

Os Estados Unidos realizam no dia 3 de novembro eleições para o Congresso e presidenciais, nas quais o atual inquilino da Casa Branca, o republicano Donald Trump, concorre à reeleição contra o democrata Joe Biden.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.