Tempo
|

Fórmula 1

Fotogaleria. Hamilton sai na frente à procura do recorde de vitórias

24 out, 2020 - 17:53 • Redação com Lusa e Reuters

Lewis Hamilton conquistou o primeiro lugar da grelha de partida para o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, com um ataque ao cair do pano. As bancadas enchem-se na véspera da décima segunda etapa do Campeonato Mundial de 2020, que, este ano, se realiza no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão. Veja as imagens do esperado retorno da categoria ao país, 24 anos depois.

A+ / A-

Lewis Hamilton (Mercedes) foi o mais rápido na qualificação deste sábado e vai partir na pole position do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1.

O piloto britânico conseguiu a 97.ª volta mais rápida da carreira em Portimão com o tempo de 1,16.652.

Hamilton cruzou a meta mesmo em cima do final da derradeira fase da qualificação, a Q3, para poder realizar uma segunda volta lançada e tentar melhorar o terceiro lugar que ocupava na altura, atrás do finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) e do holandês Max Verstappen (Red Bull).

Os dois homens da Mercedes dominaram a qualificação, mas na última volta de qualificação Hamilton levou a melhor depois de a equipa ter trocado para os pneus médios, mais rápidos do que os macios.

O dia até começou com o domínio de Bottas que, tal como na sexta-feira, voltou a ser o mais rápido na terceira sessão de treinos livres. Contudo, na derradeira fase da qualificação, Bottas optou por poupar os pneus médios e fazer só uma volta lançada.

"Foi uma boa volta, não perfeita. Tinha sido melhor estar do lado limpo [da pista], no primeiro lugar, mas pronto", disse o finlandês, no final.

Max Verstappen, da Red Bull, fez o terceiro tempo, a 252 milésimos do britânico.

"O terceiro lugar é o habitual, mas não estou tão longe. O arranque será importante, mas não temos informação de como os pneus se vão aguentar. Vamos para a corrida e logo vemos como se desenrola", frisou.

A sessão de qualificação foi adiada 30 minutos devido a um problema na pista. Uma tampa do sistema de drenagem saltou durante a terceira sessão de treinos livres quando Vettel (Ferrari) passou.

Hamilton procura a 92.ª vitória da carreira, o que seria recorde, batendo as 91 de Schumacher.

Sobre o traçado, Hamilton considera que é "hardcore". "Há sítios em que não se vê para onde se vai. Há sítios em que vamos apontados ao céu e assim não há referências para as travagens", apontou.

A 17.ª edição do Grande Prémio de Portugal é a 12.ª prova do Mundial de Fórmula 1 de 2020 e disputa-se este domingo no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.