Tempo
|
A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Reino Unido alarga restrições após superar 20.500 novos casos em 24 horas

23 out, 2020 - 20:33 • Lusa

Entre ontem e hoje morreram mais 224 pessoas por Covid-19. Manchester, Nottingham, Escócia e País de Gales sobem o nível de alerta numa altura em que o aumento de hospitalizações continua a preocupar as autoridades de saúde.

A+ / A-

Veja também:


Nas últimas 24 horas, o Reino Unido registou 20.530 novas infeções e 224 mortes atribuídas à Covid-19, mais 35 do que na véspera.

De acordo com o balanço do ministério da Saúde britânico, nos últimos sete dias morreram no país 1.142 pessoas, a uma média de 163 por dia, um aumento de 53% relativamente aos sete dias anteriores.

De acordo com as mais recentes estatísticas publicadas pelo Governo, o índice de transmissibilidade efetivo (Rt) desceu ligeiramente para entre 1,2 e 1,4 e a taxa de crescimento do número de infeções também desceu para entre 3% e 6%.

Mas o aumento do número de hospitalizações é preocupante e o Executivo britânico continua a alargar as restrições, designadamente na área metropolitana de Manchester que, desde esta sexta-feira, passou para o nível de alerta "muito alto", o que implica que 'pubs' e bares encerrem, a menos que sirvam refeições, por um período de 28 dias, juntamente com casinos, salas de bingo e casas de apostas.

Restrições idênticas vão ser, também, aplicadas em South Yorkshire, no norte da Inglaterra e Nottingham poderá ser a próxima grande cidade a entrar para este regime.

Também este sábado, as cidades de Coventry, Stoke e Slough entrarão em nível "elevado" de alerta, o segundo nível numa escala de três que, de resto, já vigora na região de Londres.

Já o País de Gales inicia, a partir desta sexta-feira, um período de confinamento por duas semanas, que implica o encerramento de escolas, bares e restaurantes.

Na Escócia, a chefe do governo autónomo, Nicola Sturgeon, revelou um sistema de cinco níveis de restrições para limitar o contato físico entre as pessoas e reduzir a transmissão do vírus, o mais alto dos quais é mais rígido do que em Inglaterra.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.