Tempo
|
A+ / A-

João Almeida mantém 5.º lugar, Kelderman mantém rosa

23 out, 2020 - 17:12 • Redação

Corredor em fuga venceu etapa e este sábado regressa a montanha.

A+ / A-

O checo Josek Cerny (CCC) venceu, isolado, a 19.ª etapa da Volta a Itália em bicicleta. Na frente tudo na mesma.

Esta sexta-feira ganhou alguém de uma fuga com vários ciclistas, que não colocavam em risco a geral.

Cerny fez os 125 quilómetros em 2h30.40, menos 18 segundos que Victor Campaerts.

Não houve, por isso, alterações no top 10, com João Almeida a manter o quinto posto e Rúben Guerreiro a continuar líder da montanha.

O pelotão e os favoritos chegaram a 11 minutos da frente. Wilco Kelderman mantém a camisola rosa, símbolo de líder do Giro.

Destaque para o protesto dos corredores no início da etapa, o que obrigou a organização a cortar quase 100 quilómetros à etapa.

Este sábado há etapa de montanha entre Alba e Sestriere, 190 quilómetros, com uma subida tripla a Sestriere depois de a organização ter sido obrigada a alterar o percurso devido à pandemia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.