Tempo
|
A+ / A-

André Martins: "Sporting não está morto e a formação não está estagnada"

22 out, 2020 - 14:00 • João Fonseca

O médio formado pelos leões elogia Rúben Amorim e aplaude resposta da formação aos que a davam por perdida.

A+ / A-

André Martins continua acompanhar o Sporting e mostra satisfação pelo arranque de temporada, apenas manchado pela saída prematura das competições europeias. Acima de tudo, fica contente pela demonstração de qualidade da formação na equipa principal.

"Rúben Amorim é talvez o melhor treinador que estes jovens podiam ter", declara o médio formado em Alcochete a Bola Branca.

Afirmação reveladora da confiança em Amorim do internacional português, que atualmente joga no Légia de Varsóvia, da Polónia.

André Martins diz que "há muitas pessoas que já dão o Sporting como morto", porém, a equipa tem "mostrado que não é bem assim".

O médio refere que o Sporting terá "sempre uma palavra a dizer", numa liga em que "Benfica e Porto estão um bocadinho à frente".

Sobre o seu futuro, André Martins afirma pretender regressar a Portugal e a uma "liga competitiva e espetacular". No entanto, por agora, está feliz em Varsóvia e num clube onde se sente apreciado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.