Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Portugal presente na Europa

22 out, 2020 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Foi uma quarta-feira recheada de Portugal em diversos cantos da Europa.

A tarde começou com mais uma exibição exemplar do João Almeida, que teima em não ceder do Giro de Itália, fazendo-nos acreditar, a poucos dias do fim da prova, que é possível o ciclista de A dos Francos manter a “rosa” até à última pedalada.

E à noite tivemos uma intensa jornada da Liga dos Campeões, a primeira da fase de grupos, donde saíram resultados para todos os gostos e paladares, à mistura com algumas azias.

Desde logo o Futebol Clube do Porto que se sabia ter pela frente um compromisso recheado de dificuldades. Defrontar o Manchester City no seu local de trabalho exige sempre uma entrega total, até ao limite.

Os dragões chegaram mesmo a esse patamar, sobretudo na primeira parte do jogo.

Porém, ao caminho havia de sair-lhes uma arbitragem sem qualidade, que esteve na origem da reviravolta que os de Pep Guardiola acabaram por conseguir. E depois, estes acabaram por justificar a primeira vitória.

E quanto a arbitragem não adianta suscitar comparações com aquilo que se passa em Portugal.

O juiz da Letónia não tem, de facto, cabimento na Champions, mas por cá existem também algumas encomendas que nem sequer dá para exportar. E exemplos há-os por aí às mãos cheias.

A grande proeza do dia chegou de Madrid, onde a equipa de Luis Castro vergou o Real Madrid a uma vergonhosa derrota. “Do ridículo ao clássico”, escreve o diário AS, recordando que o pior pode estar para vir na deslocação a Camp Nou já no próximo fim de semana.

E em português disputou-se também o Olympiakos-Marselha. Um jogo de sofrimento tanto para Pedro Martins como para Vilas-Boas, mas que acabou por sorrir para o primeiro, que venceu apenas no último minuto, ganhando assim algum embalo para a deslocação ao Dragão já terça-feira que se segue.

A fava acabaria por sair a João Félix, vergado ao peso de uma goleada em Munique, que compromete os colchoneros e especialmente o seu controverso treinador.

Melhores dias virão…

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • César Augusto Saraiva
    22 out, 2020 Maia 17:50
    Claro que sim, melhores dias virão para os nossos clubes. Entretanto, acho que já é tempo de a "Bola Branca" mostrar os dados sobre os penáltis que o Pepe já cometeu em toda a sua vida, ou pelo menos os cometidos em Portugal: ao serviço do seu clube e da Selecção!...