Tempo
|
A+ / A-

Rabiscos solidários. Quanto daria por um desenho destes?

22 out, 2020 - 10:52 • Marta Grosso com BBC

“Nunca desenhei na minha vida, mas estou a rabiscar uns desenhos de animais para arrecadar dinheiro para caridade”. Assim apresenta Hercule Van Wolfwinkle a sua obra que já rendeu milhares de euros.

A+ / A-

Phil é um britânico que vive em West Sussex e decidiu ajudar uma associação de apoio à população sem-abrigo fazendo uns rabiscos de animais de estimação. A iniciativa já valeu quase cinco mil libras (5.536 euros).

Tudo começou quando este pai – que assume o nome artístico de Hercule Van Wolfwinkle – rabiscou o seu cão de estimação enquanto pintava com o filho.

Partilhou o desenho no Facebook e, em jeito de brincadeira, pediu por ele 299 libras (cerca de 330 euros). E, de repente, começaram a cair mensagens de pedidos de desenhos.

“Acho que as pessoas simplesmente os acham engraçados, numa época em que não há muitos motivos para sorrir”, considerou, citado pela BBC.

As ilustrações foram partilhadas nas redes sociais, onde até escrevia críticas falsas por brincadeira, mas as pessoas começaram a querer pagar pelos desenhos.

"Não podia aceitar o dinheiro, as fotos são uma porcaria. Então, criei uma página Just Giving e sugeri que as pessoas doassem", explica.

Em cinco semanas, a procura disparou e este homem de 38 anos conseguiu angariar 4.903 libras (5.455 euros) para uma instituição de caridade que apoia pessoas em situação de sem-abrigo.

Decidiu também partilhar a sua história e trabalho num site, onde se apresenta da seguinte maneira: “nunca desenhei na minha vida, mas estou a fazer uns retratos rabiscados de animais de estimação para arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade”.

Hercule Van Wolfwinkle produz agora 150 desenhos por semana e tem uma carteira de 600 pedidos, conta a BBC.

É "muito divertido" criar estes desenhos, mas o volume de pedidos começou a tornar-se demasiado e a prejudicar o seu trabalho a tempo inteiro. Foi, então, obrigado a colocar um aviso no Facebook, pedindo às pessoas que compreendessem que desenhar não é a sua profissão e que quem quiser pode continuar a doar qualquer quantia para apoiar a causa.


Podem também enviar uma mensagem com uma imagem de seu animal de estimação, que poderá ser escolhido para um desenho. É um sorteio.

Entretanto, e de acordo com os últimos dados divulgados por Hercule (ou Phil), já foram angariadas 12.346 libras (13.668 euros) para a Turning Tides.


"Não acredito como começou. É um pouco divertido para todos, inclusive para mim. Quando ficar muito stressante, terei de parar. Mas tentarei ganhar o máximo de dinheiro possível para a Turning Tides”, afirma à BBC.

“Não ter uma casa é uma questão muito importante; é um direito básico das pessoas ter um teto sobre a cabeça e comida na barriga”, defende.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.