Tempo
|
A+ / A-

Ciclismo

Giro. Visconti abandona e Rúben Guerreiro fica mais perto de vencer a montanha

22 out, 2020 - 11:20 • Redação com Lusa

Visconti era o principal rival do ciclista português na luta pela camisola azul da Volta a Itália.

A+ / A-

O italiano Giovani Visconti (Vini Zabù-KTM) abandonou, esta quinta-feira a Volta a Itália, por lesão, e deixou o português Ruben Guerreiro (Education First) mais perto de garantir a camisola azul, de líder da montanha.

"O Giovani Visconti não vai partir para a 18.ª etapa do Giro, desde Pinzolo até Laghi di Cancano. O corredor siciliano tem sofrido há vários dias de uma tendinite patelar, que foi tratada depois da etapa de ontem [quarta-feira], mas esta manhã voltou a ter dores, até a descer as escadas, fazendo-nos decidir pelo abandono", pode ler-se no comunicado Vini Zabù-KTM.

Na quarta-feira, dia da 17.ª etapa, Rúben Guerreiro recuperou a camisola azul, ao fazer 80 pontos nas contagens de montanha, contra nenhum de Visconti. O português passou a somar 198 pontos, face aos 148 do italiano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.