Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Começou a grande corrida

21 out, 2020 • Opinião de Ribeiro Cristovão


As sempre muito desejadas competições europeias da UEFA entraram ontem cena com a realização dos primeiros oito desafios da Liga dos Campeões, com várias surpresas e confirmações à mistura.

O principal destaque vai, especialmente, para a vitória do Manchester United em Paris frente a uma equipa recheada de vedetas pagas a peso de ouro.

Bruno Fernandes, o novo capitão, merece destaque tendo sido também bem acompanhado pelos seus companheiros. Do lado oposto, a estrelas como Neymar, Mbapé e Di Maria faltou capacidade e humildade para serem capazes de justificar o favoritismo com que entraram em campo.

Referência também para a vitória da Juventus no sempre difícil campo do Dínamo de Kiev. Mesmo sem poder contar com Cristiano Ronaldo, o campeão italiano regressou com três pontos importantes, que podem proporcionar excelente embalagem para o muito que está para cumprir na fase de grupos.

Hoje entra em Acão o campeão português, e para uma jornada de risco. Antes de mais, porque há um histórico que em nada favorece os dragões, depois porque ficaram à vista em Alvalade, no último sábado, algumas insuficiências que é urgente retificar.

A saída de alguns jogadores importantes, tais como Alex Teles, Danilo, Soares e Zé Luis, representa uma brecha que não será de todo fácil colmatar.

Dos que entraram, nem todos deram sinais muito positivos, o que faz esperar a Sérgio Conceição trabalho aturado e talvez prolongado.

Jogar em Manchester com o City é um momento importante. A equipa inglesa ainda não atingiu o seu melhor, e o décimo-primeiro lugar na Premier League decorridas que são seis jornadas, destapa algumas dificuldades que os portistas poderão aproveitar logo à noite.

Esperemos, para ver...

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.