Tempo
|
A+ / A-

Sobe para seis o número de internados ligados ao surto de Covid-19 em Vila Viçosa

21 out, 2020 - 20:55 • Lusa

Há um total de 53 pessoas infetadas com Covid-19 referentes a este surto, indica Administração Regional de Saúde do Alentejo

A+ / A-

Veja também:


O número de idosos infetados com Covid-19 internados no hospital de Évora relacionados com o surto em valências da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa (Évora) subiu de cinco para seis, disse fonte hospitalar esta quarta-feira.

A fonte do Hospital do Espírito Santo de Évora indicou hoje à agência Lusa que, na terça-feira à noite, foi internado mais um homem naquela unidade hospitalar relacionado com este surto.

Segundo a mesma fonte, estão internados no hospital de Évora, em "enfermaria Covid", ligados ao surto de Vila Viçosa, quatro mulheres e dois homens, com idades entre os 86 e os 90 anos.

Contactada hoje pela Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo indicou que, de acordo com a atualização de dados de hoje de manhã, da Autoridade de Saúde Pública, há um total de 53 pessoas infetadas com Covid-19 referentes a este surto.

Neste total, segundo a ARS do Alentejo, estão incluídos 29 utentes de unidades da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa, nove funcionários da instituição e 15 pessoas da comunidade.

A Câmara de Vila Viçosa, emitiu um comunicado, ao final da tarde de hoje, no qual refere que existe no concelho um total de 59 casos ativos de Covid-19, de acordo com a mais recente informação prestada à autarquia pela Saúde Pública, sem precisar quais são referentes ao surto.

Segundo o provedor da Santa Casa da Misericórdia, Jorge Rosa, a primeira pessoa que testou positivo à doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 foi uma funcionária do Centro de Dia de Bencatel, que, após confirmação, deu origem aos testes realizados no dia 14 deste mês.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.229 pessoas dos 106.271 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.