Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. DGS deixa mais de 16 mil casos fora da contabilização por concelho

20 out, 2020 - 11:56 • Joana Gonçalves

Os dados apresentados no último boletim dão conta de apenas 84% do total de diagnósticos confirmados no país.

A+ / A-

[notícia atualizada às 21h30 com resposta da DGS]

O mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado esta segunda-feira, deixa mais de 16 mil casos de Covid-19 fora da contabilização por concelho.

De acordo com o mesmo documento, apenas 84% do total de diagnósticos confirmados no país surgem discriminados na tabela com dados referentes aos casos por município.

Nas últimas semanas o número de casos excluídos da contabilização por concelho tem vindo a aumentar. A 20 de setembro faltavam a esta lista 6.852 casos, sete dias mais tarde o número aumentou para 7.756, depois para 9.242, de seguida 12.008 e atingiu os 16.123 casos em falta esta semana.

Questionada pela Renascença sobre este aumento, a DGS respondeu que "o sistema de vigilância epidemiológica privilegia a informação em tempo real, nomeadamente através das notificações laboratoriais".

Essa informação, é adiantado, "vai sendo posteriormente completada pelos médicos e equipas de saúde pública, sem que nunca seja afetada a qualidade da intervenção dos mesmos, que têm como prioridade a prestação adequada de cuidados de saúde aos casos confirmados, o rastreio de contactos, a identificação precoce de outros casos e a interrupção das cadeias de transmissão".

Na mesma resposta à Renascença, as DGS diz que, "com um grande aumento no número de novos casos, as equipas de saúde têm privilegiado uma intervenção clínica de saúde pública".

"O aumento do número de casos sem concelho atribuído deverá corresponder aos casos que ainda só têm informação laboratorial e que será completada nos próximos dias."

"O mais importante é termos uma tendência ao nível do concelho e, para isso, uma semana dá uma estabilidade maior aos números do que ter informação diária sempre sujeita a grande variabilidade e mais difícil de interpretar."

A 16 de julho a Direção-Geral de Saúde anunciou que deixaria de atualizar diariamente os dados de Covid-19 por município, passando a fazê-lo semanalmente, à segunda-feira.

"A informação apresentada refere-se ao total de notificações médicas no sistema SINAVE, não incluindo notificações laboratoriais. Como tal, pode não corresponder à totalidade dos casos por concelho”, lê-se na nota metodológica do boletim.

Paços de Ferreira com maior aumento no Norte


O boletim diário da DGS revela que Lisboa (+781), Sintra (+653), Paços de Ferreira (+565) e Porto (+564) são os municípios com maior aumento de infeções, nos últimos sete dias.

Lisboa ultrapassa os oito mil infetados e Paços de Ferreira supera a barreira dos mil casos. Do total de concelhos, cerca de 77% registam, pelo menos, mais um caso confirmado de Covid-19, nos últimos sete dias.

O município de Alter do Chão, no distrito de Portalegre, junta-se à lista da DGS, com seis casos de infeção pelo novo coronavírus.

Há, neste momento, 291 concelhos portugueses com, pelo menos, três casos confirmados de Covid-19, o que representa 95% do total. Apenas 17 concelhos permanecem livres de Covid-19, em Portugal - seis na região autónoma dos açores, oito no Alentejo e três no Centro.

Porto de Mós e Faro registam um decréscimo no número de casos confirmados.

Consulte aqui a última atualização.

Casos de Covid-19 por concelho

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    21 out, 2020 Trofa 11:04
    Um desleixe e descontrolo