Tempo
|
A+ / A-

PSP recebida a tiro em festa com dezenas pessoas na Cova da Moura

19 out, 2020 - 00:41 • Redação

Há registo de um polícia ferido e foram feitas três detenções.

A+ / A-

A PSP foi recebida a tiro, este domingo à noite, na Cova da Moura, no concelho da Amadora, depois de ter sido chamada por causa de uma festa na rua, em período de estado de calamidade por causa da pandemia de Covid-19.

A polícia foi alertada para uma festa com dezenas de pessoas e, quando chegou ao bairro, foi recebida com hostilidade.

A agressividade com que os agentes foram recebidos provocou ferimentos num polícia e três pessoas, entre os 20 e 30 anos, foram detidas, segundo avançou o gabinete de relações públicas da PSP.

Por volta da meia-meia, decorria uma operação policial para restabelecer a normalidade no bairro da Cova da Moura.

Portugal contabiliza pelo menos 2.181 mortos associados à covid-19 em 99.911 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim epidemiológico.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.


[notícia atualizada às 9h50 de segunda-feira]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José J C Cruz Pinto
    19 out, 2020 ILHAVO 03:54
    Assim, de facto não chegará nem máscara nem aplicação - só mesmo com prisão obrigatória. Que é dos outros 299?