Tempo
|
A+ / A-

Rio Ave 0-3 Benfica

Jorge Jesus. "Estamos muito longe do que eu acho que temos de jogar"

18 out, 2020 - 22:29 • Redação

Técnico do Benfica falou sobre André Almeida, mas também sobre a dupla de ataque após a vitória diante do Rio Ave.

A+ / A-

O treinador do Benfica estava satisfeito após o Rio Ave 0-3 Benfica. Jorge Jesus acrescentou, no entanto, que ainda há muito a melhorar.


Boa exibição
"Satisfação plena por termos ganho, por termos somado três pontos, foi uma boa exibição, muito convincente. A equipa esteve muito bem, defensivamente esteve forte, o Rio Ave praticamente não teve uma oportunidade de golo. O Rio Ave tem uma boa equipa, disputa muito o jogo seja com quem for, sabíamos o valor deles, que tínhamos de os respeitar, tem jogadores com uma técnica muito boa. Os jogadores do Benfica foram eficazes, convertemos as situações que criámos. Estamos ainda longe do que eu acho que o Benfica tem de jogar, temos de melhorar até em questões individuais, mas vamos melhorando passo a passo."

Dupla Darwin - Waldschmidt
O Darwin em todos os jogos tem assistido os colegas para fazer golo, hoje o Luca dá-lhe uma bola porque ele sabe quanto o Darwin já lhe deu. É um jogador que sabíamos que é difícil de parar, é um miúdo. Tem 21 anos, conhece pouco o jogo, mas tem uma qualidade muito grande. Eles estão a conhecer-se, um fala alemão, o outro nem percebe bem o português”

André Almeida

"Infelizmente, pelos sintomas, parece-me grave. Não falei ainda com o médico. Comigo já jogou a central, a lateral, é um jogador que gosto. Vamos ver o que vai acontecer ao André. A minha experiência diz que pode ser grave, mas vamos ver o que dizem os exames."

Cinco pontos de vantagem
"Isto demonstra que como um dos rivais perdeu em dois jogos 5 pontos, também nos pode acontecer. É melhor estar em primeiro do que em segundo ou terceiro, mas é o começo”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.