Tempo
|
A+ / A-

MotoGP. Miguel Oliveira em 18.º na qualificação para o GP de Aragão

17 out, 2020 - 16:09 • Lusa

Fabio Quartararo fez o melhor tempo apesar de ter caído de manhã. A corrida é este domingo a partir das 14h00.

A+ / A-

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou na 18.ª posição na qualificação para o Grande Prémio de Aragão de MotoGP, em Espanha, 10.ª corrida do Mundial de motociclismo de velocidade, ao realizar o tempo de 1.48,431 minutos.

Miguel Oliveira tinha sido o 11.º mais rápido na terceira sessão de treinos livres desta manhã, no circuito Motorland, e, por isso, não conseguiu a passagem direta à segunda fase de qualificação, a Q2.

Na primeira (Q1), acabou por ficar na oitava posição, a 826 milésimos de segundo do italiano Danilo Petrucci (Ducati), que foi o mais rápido.

O português de Almada estava desiludido: "Foi uma qualificação difícil. Tivemos os mesmos problemas que na sexta-feira, mas com o pneu novo. Senti muitos problemas de tração atrás. A equipa fez algumas alterações para melhorar, mas não surtiram efeito".

"Qualificar tão atrás é duro. Mas equipa tem tempo para analisar, tentar retificar para a corrida, de forma a fazer uma boa recuperação", concluiu.

A “pole position” acabou nas mãos do francês Fabio Quartararo (Yamaha), que de manhã chegou a passar pelo hospital do circuito, depois de uma violenta queda sofrida na terceira sessão de treinos livres.

"Pensei que não conseguiria fazer a corrida", comentou o líder do Mundial, que bateu o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) por 46 milésimos, com britânico Cal Crutchlow (Honda) a ficar na terceira posição, a 183 milésimas de Quartararo.

O GP de Aragão disputa-se este domingo, às 14h00 de Lisboa, uma hora mais tarde do que o habitual, devido às baixas temperaturas que se fazem sentir naquela região de Espanha e que afetam a aderência das motas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    17 out, 2020 Funchal 16:25
    Acho o Miguel um campeão, mas fala muito antes do tempo. Degrau a degrau, e nada de conversa excessiva. Boa sorte