Tempo
|
A+ / A-

Jornadas Nacionais de Catequistas realizam-se online

16 out, 2020 - 11:48 • Olímpia Mairos

A iniciativa vai refletir sobre “Catequese e família” e conta com o contributo das famílias.

A+ / A-

As Jornadas Nacionais de Catequistas 2020 (JNC2020) estão marcadas para os dias 23, 24 e 25 de outubro e vão decorrer em formato online.

Sob o tema “Catequese e Família” a iniciativa, da responsabilidade do Departamento de Catequese do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), vai chegar a todo o país, através da plataforma Zoom, numa edição inédita que vai ao encontro da situação pandémica do país.

“Atendendo à situação sanitária em que vivemos e perante a qual todos temos uma responsabilidade cristã de grande relevância, não pensámos em adiar as JNC nem em desistir delas, mas escolhemos propô-las através de videoconferências online”, afirma a coordenadora do Departamento de Catequese, Cristina Sá Carvalho.

A versão online “não é exatamente a mesma coisa”, assinala a responsável, lamentando a perda do convívio que as JNC permitem e “do contacto direto, da rápida troca de ideias, do toque”, realçando, no entanto, que “quando queremos fazer comunidade, quando queremos caminhar juntos, estar juntos, aprender em conjunto, não é o distanciamento físico que nos impede de conviver e de partilhar”.

Cristina Sá Carvalho refere mesmo que os últimos meses mostraram que “imensas iniciativas da catequese - de formação, de oração, de cultura, de convívio, de treino no uso das ferramentas digitais - têm tido lugar através desta modalidade e sempre com bons resultados”.

Catequese e Família: o papel dos pais na educação cristã das novas gerações

As jornadas nacionais de catequistas têm como tema “Catequese e Família” e propõem-se aprofundar a reflexão realizada “nas modalidades de Catequese Familiar que o Secretariado Nacional tem promovido e para as quais elaborou um conjunto de materiais que cobrem todo o itinerário da infância” e que a situação de confinamento convida a aprofundar.

“A colaboração que foi pedida aos pais, e dada por estes, para que a catequese pudesse progredir à distância, trouxe-nos, a todos, novos motivos para refletir sobre o papel dos pais na educação para a fé dos seus filhos, sem esquecer o insubstituível papel dos avós. De facto, os avós estão sempre muito próximos da catequese, são eles que muitas vezes levam os netos e quem tem aquele tempo todo do mundo para mostrar as pequenas coisas da vida, para ouvir, para transmitir a memória da fé e da orientação moral na vida: tinham, pois, de estar presentes nesta reflexão”, indica Cristina Sá Carvalho.

Programa dividido em três dias

Os trabalhos das jornadas vão iniciar-se no dia 23 de outubro, pelas 21h30, com uma oração e a intervenção de D. António Moiteiro, bispo de Aveiro e presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé (CEECDF). Depois D. António Couto, bispo de Lamego, apresenta o tema “A Família na Sagrada Escritura”.

Na tarde de sábado, 24 de outubro, as JNC2020 começam pelas 15h30, com a intervenção “A família como Igreja Doméstica na Exortação Apostólica Amoris laetitia”, por D. Nuno Almeida, bispo auxiliar de Braga.

Duas horas depois, às 17h30, Teresa Ribeiro Tomé apresenta o tema “As dinâmicas familiares num grupo humano de amor, intimidade, apoio e partilha”.

Às 21h00, o padre Manuel Queirós da Costa, da diocese de Vila Real, vai abordar o tema “A família no Diretório para a Catequese: implicações”.

No domingo, 25 de outubro, os trabalhos arrancam pelas 15h00, com a videoconferência “A memória na transmissão da Fé: o papel dos avós”, pela teóloga Helena Pressas. Sónia Neves, jornalista da Agência Ecclesia, fecha os trabalhos com a apresentação “A nossa Família educa para a Fé”.

Os trabalhos das JNC2020 podem também ser acompanhados pelas redes (Facebook e Youtube) da Educação Cristã.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Irmã São Monteiro
    17 out, 2020 Rua de s. José, 3A - 2100-188 Coruche 15:43
    Dei-me conta de que as Inscrições para as Jornadas nacionais de Catequistas já estão esgotadas no zoom. mas, já deixei o meu mail para fazerem o favor de me enviar o link para eu participar ou pro youtube ou pelo Facebook. Obrigada