Tempo
|
A+ / A-

Entrevista Renascença

Rui Gomes da Silva: "Em quatro anos tenho o Benfica apto para ser campeão europeu"

16 out, 2020 - 11:00 • Carlos Dias

Em entrevista a Bola Branca, o antigo vice-presidente e candidato prevê que o clube perderá a maioria da SAD, caso Luís Filipe Vieira seja reeleito presidente do Benfica.

A+ / A-
"O Benfica perde a maioria da SAD com Luís Filipe Vieira"
"O Benfica perde a maioria da SAD com Luís Filipe Vieira"

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica, diz que o clube perderá a maioria da SAD, caso Luís Filipe Vieira seja reeleito presidente das águias, a 30 de outubro.

Na segunda entrevista de candidatos a Bola Branca, depois de João Noronha Lopes, o antigo vice-presidente do Benfica, onde esteve durante mais de sete anos em direções lideradas por Luís Filipe Vieira, considera que uma reeleição será fatal para o Benfica

“Na primeira assembleia geral [depois das eleições], vai haver uma proposta para os membros dos órgãos sociais acumularem funções na SAD, para receberem dinheiro. O Benfica perde a maioria do capital social da SAD e a BTV vai deixar de transmitir os jogos em casa que passam para a SportTV”, prevê.

Rui Gomes da Silva garante que o Benfica “vai ter de se endividar, porque não vai encontrar outras soluções devido ao projeto atual de vender jogadores”.

Benfica "permanentemente candidato a campeão europeu"

O antigo vice-presidente dos encarnados considera que tem o melhor projeto, entre os candidatos à presidência ao afirmar que “os sócios do Benfica têm de escolher entre os interesses e o projeto”. O seu plano para o clube permite afirmar que “em quatro anos tenho o Benfica apto para ser campeão europeu".

"Não digo que vamos ser, mas vamos tentar ser. Claro que dois ou três jogadores com o estatuto do Cavani cabem neste projeto, mas o problema é ter de gastar de o dinheiro para ser campeão europeu em 109 jogadores”, afirma.

Nesse sentido, Rui Gomes da Silva quer "pegar em Jorge Jesus e tornar o Benfica permanentemente candidato a ser campeão europeu". "O Benfica tem que se comparar ao Real Madrid e Barcelona. O Real não anda a dizer quantas Ligas Europas e quantas Taças das Cidades com Feiras é que ganhou. O ridículo disto é apresentar Jorge Jesus com duas finais perdidas como títulos que ele ganhou. Um clube da dimensão do Benfica não se pode vangloriar de finais perdidas".

Nesta entrevista a Bola Branca, Rui Gomes da Silva considera que o projeto do candidato João Noronha Lopes é uma copia do seu, estranhando o 'timing' da candidatura.

“Ninguém chega ao Benfica, definindo em determinado momento que quer ser candidato. Contem lá melhor esta história. Mas quem olha para a lista percebe o que querem e o que representam”, atira.

Rui Gomes acredita que vai vencer as eleições, mas se tal não aconteceram vai continuar na luta pelo lugar: “Um projeto para o Benfica não termina por causa de um resultado. Fernando Martins e Jorge de Brito tentaram ser presidentes e só mais tarde é que o conseguiram”.

As eleições no Benfica estão marcadas para o final do mês, a 30 de outubro, com Luís Filipe Vieira, Rui Gomes da Silva, João Noronha Lopes e Bruno Costa Carvalho como candidatos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    16 out, 2020 Funchal 14:37
    Não acredito.
  • Petervlg
    16 out, 2020 Trofa 11:14
    Aqui está um candidato que não sabe o que diz. é assim que se vê, porque não existem opções.