Tempo
|
A+ / A-

EUA

Trump lidera entre cristãos brancos, Biden entre todos os outros grupos religiosos

13 out, 2020 - 18:58 • Filipe d'Avillez

Donald Trump tem descido nas sondagens entre aquele que tem sido um dos seus eleitorados mais fiéis e Biden tem a preferência de 90% dos protestantes negros.

A+ / A-

O atual Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é o candidato preferido entre o grupo demográfico composto por cristãos brancos nos Estados Unidos, mas tem visto a sua popularidade nessa faixa a descer.

Já o candidato opositor, Joe Biden, lidera nas preferências de todos os outros grupos religiosos na América, segundo uma sondagem da Pew Research Center divulgado esta terça-feira.

Segundo a Pew, um dos dados a reter neste inquérito é o facto de Trump ter vindo a descer nas preferências de três importantes grupos desde agosto: católicos brancos, protestantes brancos não evangélicos e protestantes brancos evangélicos

Ainda assim, Donald Trump continua a ser o candidato preferido destes grupos, com uma vantagem de oito pontos percentuais em relação a Biden. Um total de 52% dos cristãos brancos inquiridos indicou que se a eleição fosse agora votava em Trump, contra 44% que votaria Biden. Note-se que a sondagem foi feita entre os dias 30 de setembro e 5 de outubro, precisamente o período em que o Presidente esteve hospitalizado com Covid-19.

Trata-se de uma diferença significativa em relação a uma sondagem anterior, de agosto, que dava a Trump uma vantagem de 19 pontos percentuais, com 59% das preferências, contra 40%.

Joe Biden, pelo contrário, é o preferido nas sondagens de todos os outros grupos religiosos analisados, incluindo protestantes negros, católicos hispânicos, judeus e aqueles que indicaram não ter filiação religiosa.

Olhando mais de perto para estes números, especificamente para o grupo dos evangélicos brancos, que tem sido sempre um dos mais fiéis a Trump, o apoio também desceu cinco pontos percentuais desde agosto, mas mantém-se muito alto, com 78% a manter a sua intenção de votar no atual Presidente, contra 83% na anterior sondagem.

Quanto a Biden, nota para o índice de apoio entre protestantes negros, que chega aos 90% dos inquiridos. Entre judeus e católicos hispânicos os valores são mais baixos, mas ainda assim significativos, com 70% e 67%, respetivamente, a dizer que votaria Biden se a eleição fosse agora.

Biden é também o candidato preferido, de longe, entre ateus e agnósticos, com 83% das preferências e de 62% que, não se identificando como ateus dizem que não têm crenças religiosas especiais. Em todos estes casos, porém, o apoio a Biden mantém-se aos níveis de agosto, não tendo subido.

Os Estados Unidos da América são um país com altos índices de prática religiosa e em que questões religiosas acabam sempre por assumir alguma importância em tempo de eleições.

As eleições presidenciais realizam-se no dia 3 de novembro, com Donald Trump a procurar um segundo mandato de quatro anos e Biden a tentar destronar o candidato republicano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.