EUA

Trump volta à campanha depois de médico garantir que já não pode infetar terceiros

11 out, 2020 - 13:18 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Donald Trump regressou à corrida presidencial norte-americana, tendo organizado um evento na Casa Branca para os seus apoiantes, no sábado, o primeiro desde o seu diagnóstico positivo à Covid-19 há dez dias. Os participantes foram obrigados a responder a um questionário de controlo epidemiológico e a temperatura de cada um foi monitorizada. O uso de máscara era obrigatório, apesar de não ser “evidente” que todas as pessoas na assistência estivessem a usar uma. Segundo o seu médico pessoal, Trump já não corre risco de infetar terceiros, mas a garantia surge sem ser apresentado publicamente o resultado negativo do teste.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.