Tempo
|
Euranet
Decidir Europa
Todas as semanas, um convidado especial fala sobre os grandes temas da Europa e do mundo no programa "Decidir Europa", com edição do jornalista José Bastos.
A+ / A-
Arquivo
Bernardo Pires de Lima e a política internacional - Decidir Europa
Bernardo Pires de Lima e a política internacional - Decidir Europa

Decidir Europa

Bernardo Pires de Lima, "porque toda a política é internacional"

09 out, 2020 • José Bastos


O ensaísta olha para a democracia e autoritarismo em tempos de Covid e para o papel da União Europeia na nova etapa da globalização.

Portugal pode fazer muito melhor na defesa do lado certo da História, é uma das teses de Bernardo Pires de Lima no livro ‘Portugal na Era dos Homens Fortes’, edição Tinta-da-China.

O ensaísta discorre sobre democracia e autoritarismo em tempos de Covid19. No plano internacional – sim, “porque toda a política é internacional” - o autor reflete sobre tempos de ansiedade provocados pela pandemia, ou antes por desafios como o Brexit, mas também pela “testosterona política” a invadir o palco, na sequência das vitórias dos “homens fortes”. Desde logo, Trump, Xi ou Putin, mas também Bolsonaro, Maduro, Orbán, Kaczynski, Erdogan, Salvini e muitos outros.

Com este pano de fundo, Bernardo Pires de Lima recusa a ideia de crescente declínio das democracias liberais e de ascensão dos nacionalismos e populismos. O autor defende ainda um posicionamento para Portugal que "maximize os seus atributos de pequeno Estado" nas suas redes de alinhamentos externos.

No Decidir Europa, Pires de Lima avalia em que medida e até onde a União Europeia pode ajudar a combater populismos e as ondas de choque geradas a partir das democracias iliberais ajudando os países - e 500 milhões de pessoas - a sair da crise.

Em paralelo com o desenho de soluções económicas, logísticas e políticas de curto prazo, o ensaísta também cuida neste diálogo do património comum que as nações estão dispostas a preservar e transformar na arquitectura institucional fundada no pós-guerra para enfrentar a próxima etapa da globalização. Uma etapa distinta, seguramente diferente e marcada pelo pós-Covid19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.