Tempo
|
A+ / A-

Pandemia de Covid-19

Centro da Força Aérea na base da Ota com 16 militares infetados

08 out, 2020 - 19:24 • Lusa

Informação foi avançada pelo porta-voz da base aérea da Ota. Os 16 militares "estão bem" e em casa.

A+ / A-

Veja também:


Um total de 16 militares do Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea Portuguesa, na Ota (Alenquer), testaram positivo ao novo coronavírus SARS-CoV-2, confirmou à agência Lusa o porta-voz da instituição esta quinta-feira.

De acordo com a informação fornecida pelo Tenente-Coronel Manuel Costa, os 16 militares “estão bem” e encontram-se “em casa”, em isolamento profilático, assim como outros 56 elementos daquele Centro de Formação que se encontram em quarentena.

Após a deteção dos primeiros casos, no final da semana passada, “foi seguido o protocolo” com a realização de vários testes aos contactos próximos dos militares infetados, tendo os últimos dois resultados positivos sido detetados hoje, dia em que foram realizados mais 46 testes, cujos resultados ainda não são conhecidos.

As testagens aos contactos dos militares infetados vão prosseguir na sexta-feira, mas não são impeditivas do normal funcionamento do Centro de Formação Militar e Técnica.

Portugal contabiliza pelo menos 2.050 mortos associados à Covid-19 em 82.534 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+