Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

​Linha SNS 24 terá quase dois mil profissionais e está pronta para outono/inverno

02 out, 2020 - 16:16 • Cristina Nascimento

Autoridades de saúde revelaram que, em março deste ano, foi atingido o valor recorde de chamadas recebidas, tendo sido ultrapassados os 300 mil contactos, fasquia que foi outra vez atingida em setembro.

A+ / A-

Veja também:


As autoridades de saúde garantem que a linha SNS 24 está pronta para enfrentar a época de outono/inverno e um aumento de procura que se venha a verificar.

O secretário de Estado da Saúde, Diogo Serra Lopes, explicou, na habitual conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia, que a linha de atendimento telefónico vai contar com cerca de dois mil profissionais “ainda durante o outono”.

Na mesma conferência de imprensa, Luís Goes Pinheiro, do SPMS (Serviços Partilhados do Ministério da Saúde), sublinhou que a linha SNS 24 tem vindo a ser reforçado, desde a sua criação.

Goes Pinheiro revelou que, em março deste ano, foi atingido o valor recorde de chamadas recebidas, tendo sido ultrapassada os 300 mil contactos, fasquia que foi outra vez atingida agora em setembro.

Luís Goes Pinheiro revelou ainda que este ano, exceto o mês de arranque da pandemia, o tempo médio de espera para uma chamada ser atendida foi de cerca de 52 segundos.

Apesar da intensidade de utilização, Goes Pinheiro considera que a linha está preparada para o pior e lembrou que, além dos novos “call centers” no Algarve e Covilhã, ira entrar em funcionamento outro em Vila Nova de Gaia.

App Stayaway Covid com um milhão de donwloads

Luís Goes Pinheiro atiualizou ainda a informação sobre a aplicação Stayaway Covid. Até ao momento, já foram feitos 1.264 milhões de downloads da app, mas apenas foram inseridos 107 códigos de pessoas com teste positivo.

Este responsável admitiu que desde o início tinham a noção de que a utilização desta aplicação assenta “no princípio da liberdade” e renovou o apelo para que seja usada e o código inserido, garantido o anonimato dos dados.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.