Tempo
|
A+ / A-

Ranking da competitividade digital. Portugal desce três lugares e ocupa a 37.ª posição

01 out, 2020 - 08:25 • Redação com Lusa

Em 63 países, Portugal passou do 34.º para o 37.º lugar no ranking da competitividade digital do IMD World Competitiveness Center.

A+ / A-

Pelo terceiro ano consecutivo, Portugal volta cair no ranking da Competitividade Digital, do IMD World Competitiveness Center, divulgado esta quinta-feira.

A economia nacional desceu três posições no quadro geral, passando do 34.º para o 37.º lugar, num total de 63 países analisados, de acordo com a avaliação divulgada e na qual a Porto Business School (PBS) colabora.

O resultado mostra que Portugal “não conseguiu acompanhar o ritmo de competitividade digital de outros países” durante este ano.

Apesar da descida, Portugal regista melhorias na competitividade digital nos índices de Conhecimento (33.º lugar) e Tecnologia (38.º), o que não foi suficiente para uma subida nesta lista, "devido à melhor 'performance' [desempenho] registada por outras economias", segundo um comunicado da PBS.

Foi no indicador Preparação para o Futuro (41.º) que Portugal desceu mais significativamente, sobretudo devido à baixa pontuação em Agilidade nos Negócios.

Para a elaboração deste ranking, o IMD World Competitiveness Center avalia três fatores distintos dentro da temática da competitividade: o “Conhecimento”, que diz respeito às capacidades necessárias para a aprendizagem e descoberta da tecnologia; a “Tecnologia”, que quantifica desenvolvimento de tecnologias digitais; e ainda a “Preparação para o Futuro”, que analisa o nível de preparação de uma economia para assumir a sua transformação digital.

O ranking dos países ou regiões mais competitivas no digital é liderado pelos Estados Unidos, seguindo-se Singapura e Dinamarca.

O grupo das dez economias mais competitivas é completado pela Suécia, Hong Kong, Suíça, Países Baixos, Coreia do Sul, Noruega e Finlândia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.