Tempo
|
A+ / A-

Volta a Portugal. Ciclista e bandeira amarela em estado grave após queda

29 set, 2020 - 14:10 • Lusa

Organização da prova garante que os dois acidentados foram transportados para o hospital e o prognóstico é “grave”.

A+ / A-

O ciclista canadiano Nigel Ellsay (Rally Cycling) e um bandeira amarela foram transportados para o hospital, esta terça-feira, depois de terem estado envolvidos numa queda na segunda etapa, com o prognóstico de ambos a ser “grave”.

Ellsay embateu no bandeira amarela, que fazia sinalização apeado, nos quilómetros iniciais da segunda tirada, com ambos a serem transportados para o hospital Padre Américo – Vale do Sousa.

Fonte da organização da Volta a Portugal precisou à Lusa que o prognóstico dos dois acidentados é “grave”, que as duas ambulâncias que acompanhavam a prova foram retiradas da etapa e que o médico da corrida foi a acompanhar um dos acidentados.

Entretanto, outras duas ambulâncias já se juntaram à caravana da prova.

À partida da segunda etapa, que liga Paredes ao alto da Senhora da Graça, no total de 167 quilómetros, alinharam os 98 ciclistas inscritos nesta Volta a Portugal, com Nigel Ellsay a ser o primeiro desistente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.