Tempo
|
A+ / A-

Estados Unidos

Trump garante que pagou “muitos milhões” em impostos

28 set, 2020 - 19:10 • Reuters

Numa série de publicações no Twitter, Presidente norte-americano diz que números revelados pelo "New York Times" não estão correstos. De acordo com declarações de rendimentos de Trump a que o jornal teve acesso, o recandidato à Casa Branca pagou apenas 750 dólares de impostos federais por ano em 2016 e 2017.

A+ / A-

O Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, garantiu esta segunda-feira que pagou "muitos milhões de dólares em impostos", mas referiu também que tinha direito a uma redução de contribuições e créditos fiscais.

Foi desta forma que o Presidente republicano respondeu, numa série de publicações no Twitter, à reportagem do "New York Times" publicada no domingo à noite. A investigação revela que Trump pagou apenas 750 dólares em impostos federais por ano em 2016 e 2017, depois de anos a declarar perdas pesadas com as suas empresas.

"Paguei muitos milhões de dólares em impostos, mas tinha direito, como qualquer pessoa, a uma redução de contribuições e créditos fiscais", escreveu no Twitter. "Estou extremamente subavaliado - tenho muito pouca dívida em comparação com o valor dos ativos."

O Presidente republicano, que enfrentará o rival democrata Joe Biden na noite de terça-feira no primeiro debate antes das eleições presidenciais de 3 de novembro, asseverou que tinha "ativos extraordinários" e alardeou uma declaração financeira "muito impressionante".

Até agora, Trump recusou divulgar as suas declarações fiscais, como todos os Presidentes e candidatos presidenciais norte-americanos têm feito ao longo de décadas. O atual chefe de Estado diz que é porque está sob auditoria do IRS, mas a agência fiscal já garantiu que não há razão para ele não divulgar os seus impostos enquanto estiver sob auditoria.

Trump tem centenas de milhões de dólares em dívidas que usa para evitar pagar impostos, revelou o NYT. O Presidente norte-americano acusa o jornal de ter obtido ilegalmente as suas informações fiscais, algo que o diário nova-iorquino já negou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.