Tempo
|
A+ / A-

Sistema Solar

Investigadores descobrem lagos de água salgada no pólo sul de Marte

28 set, 2020 - 21:49 • Inês Rocha

Num artigo publicado na revista "Nature", os investigadores italianos revelam que não há apenas um lago, mas uma rede de corpos de água salgada sob a calota polar sul do planeta vermelho.

A+ / A-

Vários corpos líquidos foram encontrados sob o solo do pólo sul de Marte, revelou esta segunda-feira a Agência Espacial Europeia em comunicado.

Uma investigação anterior, de 2018, já sugeria que poderia haver um grande lago de água salgada debaixo da superfície marciana. No artigo publicado esta segunda-feira na revista "Nature", os investigadores italianos revelam que não há apenas um, mas uma rede de lagos sob a calota polar sul.

A descoberta foi feita usando o MARSIS (em português, Radar Avançado para Sondagem da Subsuperfície e da Ionosfera de Marte), que está a bordo da Mars Express, a missão não tripulada enviada pela Agência Espacial Europeia para estudar o "planeta vermelho".

Os dados enviados pela sonda permitiram detetar três novas lagoas subterrâneas no quarto planeta do sistema solar. A maior mede cerca de 20 por 30 quilómetros e está rodeada por várias lagoas menores.

Os investigadores, liderados por Sebastian Emanuel Lauro e Elena Pettinelli, da Universidade Roma Tre, usaram técnicas normalmente utilizadas em satélites terrestres para estudar os lagos sob os glaciares antárticos.

Os dados parecem indicar que os corpos líquidos encontrados em Marte são "soluções hipersalinas", ou seja, com altas concentrações de sal dissolvidas na água. Poderá ser essa a razão pela qual os lagos são capazes de permanecer líquidos, apesar das condições muito frias do pólo sul de Marte.

As descobertas agora reveladas podem ser fundamentais na procura por vida extraterrestre em Marte, já que a vida como a conhecemos requer água líquida para subsistir.

Os cientistas apelam a que sejam feitos novos trabalhos para se examinar mais profundamente o planeta e a sua química.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.