Tempo
|
A+ / A-

Covid-19: Portugal tem 285 surtos ativos, 44 em lares de idosos

23 set, 2020 - 14:32 • Redação

Um total de 705 utentes de lares de idosos estão infetados com Covid-19, 114 estão internados", avança a ministra da Saúde.

A+ / A-

Veja também:


Portugal tem 285 surtos ativos de Covid-19, revelou esta quarta-feira a ministra da Saúde, Marta Temido.

Por regiões, há 129 surtos ativos no Norte, 27 no Centro, 90 em Lisboa e Vale do Tejo, 15 no Alentejo e 24 no Algarve.

"Os surtos que mais nos preocupam são os relacionados com estruturas residenciais para idosos, face à vulnerabilidade das pessoas que estão aqui envolvidas", disse a ministra da Saúde, em conferência de imprensa.

Até esta quarta-feira, existem 44 surtos ativos em lares de idosos: 17 no Norte do país, dois no Centro, 23 em Lisboa e Vale do Tejo e dois no Alentejo.

"São abrangidos por estes surtos 74 unidades, onde há 705 utentes positivos. Destes 705 utentes positivos, 114 estão internados", adiantou Marta Temido.

Foram registados mais 802 casos e três mortes por Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas, indica o boletim epidemiológico divulgado esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde.

"Deste total de novos casos, 62% têm já ligação epidemiológica identificada", disse a ministra da Saúde na conferência de imprensa de balanço da pandemia.

Portugal conta agora com 1.928 óbitos provocados pelo novo coronavírus e um total de 70.465 infeções confirmadas desde a chegada da pandemia ao país, no início de março.

MAPA DA COVID-19

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.