Tempo
|
A+ / A-

Autoridade Marítima alerta para subida abrupta do nível do mar

19 set, 2020 - 00:25 • Lusa

O fenómeno resulta da conjugação das marés vivas com a acumulação de água oceânica junto à costa, por ação do vento e agitação marítima.

A+ / A-

A Autoridade Marítima Nacional alertou esta sexta-feira para uma subida abrupta do nível médio do mar ao longo da costa do continente, que aconteceu na sexta-feira e pode repetir-se no fim de semana e provocar inundações.

Em comunicado a Autoridade diz que são possíveis inundações, “particularmente nas regiões expostas à agitação marítima, podendo a água alcançar, num curto espaço de tempo, zonas aparentemente seguras”.

O fenómeno, observado nas últimas horas, especialmente na costa do Algarve, ao longo da marginal de Cascais e Ribeira das Naus, em Lisboa, é “natural e comum”, nesta época do ano, diz também a Autoridade Marítima Nacional.

Resulta, explica, da combinação das marés vivas equinociais (as maiores do ano) “com um efeito de empilhamento (acumulação) das massas de água oceânicas junto à costa por ação de vento e agitação marítima forte provenientes de sudoeste”.

É expectável, diz-se no comunicado, que o efeito se repita durante o fim de semana, nos períodos coincidentes com a preia-mar, e que se dissipe a partir de segunda-feira, com o fim do período das marés vivas equinociais.

A Autoridade Marítima Nacional recomenda à população que “assuma uma postura preventiva” junto à costa, nas praias e em zonas expostas à agitação marítima.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.