Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus

Chile regista 1.673 novos casos e um total de 442.827 contágios

19 set, 2020 - 01:01 • Lusa

Perto de 12.200 pessoas já morreram do vírus no Chile e atualmente estão 902 nos cuidados intensivos.

A+ / A-

Veja também:


O Chile registou, nas últimas 24 horas, 1.673 novos casos de Covid-19, o que eleva para 442.827 o total de contágios desde que se detetou o primeiro caso no país, informou hoje o Ministério da Saúde.

Segundo os dados oficiais, existem, neste momento, 14.647 casos ativos de Covid-19 no país e 415.981 pessoas foram dadas como recuperadas. Quase 12.200 pessoas já morreram da doença.

No momento da última atualização feita pelas autoridades locais, encontravam-se internadas em cuidados intensivos 902 pessoas, das quais 675 necessitam de apoio de ventilação mecânica e 122 estão num estado de saúde considerado crítico.

Os números foram anunciados em plena celebração das “Fiestas Patrias”, uma das festividades mais importantes do país que levou as autoridades a elaborar um protocolo sanitário específico com medidas mais restritivas para este fim de semana.

Desta forma, a cada pessoa apenas será permitida uma saída de seis horas de duração e até cinco convidados por domicílio, exceto nos bairros que se encontrem em regime de quarentena total.

Nas últimas semanas, a pandemia registou um retrocesso a nível nacional naquele país sul-americano, com a taxa de positividade nos testes realizados a baixar de 17% para 5% nos últimos 90 dias.

O Chile entrou há mais de dois meses num processo de desconfinamento gradual com cinco etapas previstas até alcançar a normalidade, que se aplica por setores e em função da epidemiologia do vírus.

O país encontra-se em estado de emergência desde 18 de março devido à pandemia de Covid-19, com recolher obrigatório, limitações à mobilidade e com a atividade económica semiparalisada, medidas que o Governo prolongou recentemente por mais 90 dias e que estarão em vigor até meados de dezembro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.